O uso de peróxidos orgânicos contribui para a reciclabilidade e o meio ambiente

A Retilox aplica em seu contexto mercadológico a visão de pesquisar e desenvolver soluções tecnológicas que atendam as necessidades dos transformadores de plastômeros e elastômeros, através de processos e procedimentos que não agridam o meio ambiente.

Sendo assim, a Retilox Química trabalha cliente a cliente,  apresentando a possibilidade da reciclabilidade via peróxidos orgânicos em substituição ao enxofre.

Reforçando uma das práticas mais efetivas para a redução da agressão ao meio ambiente, evitando que o que estava prestes a ser descartado como lixo, volte a cadeia produtiva, com manutenção da qualidade e redução de custos.

A tecnologia dos modernos sistemas de cura base peróxidos produzidos pela Retilox possibilita a reciclagem de forma limpa, produtiva, econômica e ecologicamente correta.

Dentro da própria unidade, com equipamentos tradicionais, sem perda significativa de propriedades físicas.

No processo de reciclagem, os artefatos curados via peróxidos levam vantagens em relação aos curados via enxofre, por demandarem bem menos processos e recursos, reduzindo assim os investimentos e tempo.

Dentre os processos de reciclagem mais conhecidos:

  • Criogenia, que usa temperatura extremamente baixa, e assim torna mais frágeis os materiais como plástico e borracha.
  • Processo da autoclavagem , que recebe adição de óleos e tem grande impacto ambiental.
  • Processo mecânico, é o mais barato e o menos impactante para o meio ambiente.

Para reciclagem de um artefato curado via peróxidos, com classificação de dureza baixa a média, basta que o artefato passe por um processo mecânico em misturadores convencionais do mercado, como misturadores abertos ou fechados.

Já para a reciclagem de polímeros com dureza mais alta e grande tensão de ruptura, são necessários equipamentos adequados para a reciclagem, como por exemplo o moinho refinador ou cilindros roletados (que em vez de possuírem bucha de bronze, possuem um conjunto de rolamentos para dissipar o calor), evitando o desgaste precoce dos equipamentos.

Artefatos curados via enxofre, devido à limitação de quebra das suas ligações, dificultam a reciclagem, além de ser necessário o uso de diferentes processos com adição de componentes químicos.

Sendo assim, o incentivo à reciclabilidade por meio de formulações base peróxidos é mais um ponto de destaque para a substituição do sistema via enxofre e aceleradores do seu processo de manufatura.

Mais informações: suporte@retilox.com.br

 

 

Veja Tambem

Faça login para ter acesso a esse conteúdo ou faça uma solicitação de cadastro!

Voltar Cadastrar
X