Peróxidos Orgânicos - Aplicações

  • Isolamento e capa de fios e cabos (feitas com PE, EPM, EPDM, EVA, CPE, CR);
  • Guarnições e perfis reticulados em banho ou sal (LCM) ou vapor (PE, EPDM, CR);
  • Guarnições e Perfis Reticulados em Túnel de Ar Quente (Tecnologia Retilox);
  • Mangueiras e Tubos, isento de materiais extraíveis, em altas temperaturas (158º C), como por exemplo, radiadores em EPDM, NBR;
  • Solados, palmilhas, entressolas, sandálias microporosas, compactos ou expandidos (EVA, PE, SBR, blendas etc);
  • Revestimento de cilindros (EPDM, NBR, Silicone);
  • Asfaltos Modificados;
  • Artigos médicos, como por exemplo, tubos de silicone;
  • Artigos expandidos com estrutura celular fechada (PE, EVA, CM);
  • Artigos moldados e injetados em geral.
  • Com a finalidade de ser adequado para aplicações técnicas, um agente reticulante a base de peróxido deve reunir um certo número de condições:


  • Deve ser seguro de manusear durante o transporte, estocagem e processamento;
  • Deve ser de baixa volatilidade, para evitar perda durante a mistura;
  • Deve ser suficientemente compatível com elastômeros e plastômeros;
  • A natureza de seus produtos de decomposição deve ser tal que uma rápida reticulação aconteça (na temperatura ideal de decomposição);
  • Deverá reagir de tal modo que a reticulação seja a única modificação a ocorrer no polímero;
  • Também deverá ser ativo na presença de cargas inertes ou reforçantes.
  • Faça login para ter acesso a esse conteúdo ou faça uma solicitação de cadastro!

    Voltar Cadastrar
    X